Você é ladrão, diz senador a Romero Jucá



O senador Telmário Mota (Pros-RR) chamou o ex-congressista Romero Jucá (MDB-RR) de -ladrão- nesta 3ª feira (10.set.2019) durante a sessão de sabatina de Lineu Pupo de Paula, indicado para ser embaixador do Brasil na Bósnia e Herzegovina.

Jucá foi 1 dos principais líderes no Congresso dos governos dos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB). O emedebista estava em uma das primeiras cadeiras do colegiado na na sabatina no Senado.

Logo no início da sessão, Telmário interrompeu a fala do presidente do colegiado, Nilsinho Trad (PSD-MS), e disse: -Faço parte desta Comissão e vim ficar aqui, mas lamento que aqui na vaga dos senadores esteja 1 lobista ex-senador, 1 cara envolvido em corrupção. Desse jeito é impossível ficar aqui, eu me retiro-. Em seguida, ele saiu da frente do microfone e se levantou.

Ao retomar a palavra, Trad pediu que Telmário ponderasse a situação pois Jucá é amigo do sabatinado e foi acompanhar a sessão. Telmário respondeu que o ex-senador deveria ficar então no lugar dos visitantes e não em uma das cadeiras destinadas aos congressistas.

A partir deste momento começa 1 bate-boca. Ao fundo é possível ouvir -você é 1 palhaço- e depois uma réplica -palhaço é você ladrão. Você foi preso-.

O presidente Trad suspende a sessão, mas não evita que a discussão continue. Telmário diz repetidamente para Jucá -você é ladrão- e Jucá responde -você bate em mulher, bate em mulher, cabra safado-.

Os 2 são adversários políticos em Roraima.

Jucá é investigado por supostamente participar de 1 esquema de corrução e por ter recebido R$ 10 milhões da Odebrecht e da Andrade Gutierrez na licitação do Projeto Madeira, relacionado à Usina Hidrelétrica de Santo Antônio, a fim de beneficiar as empresas. Jucá nega as acusações.

Leia mais no Polêmica Paraíba

    Compartilhe: