Número de ataques a bancos reduz quase 60% no primeiro semestre de 2019, na PB

Número de ataques a bancos reduz quase 60% no primeiro semestre de 2019, na PB

O número de ataques a bancos reduziu 59,5% no primeiro semestre do ano de 2019, com relação ao mesmo período de 2018. O dado foi divulgado pela Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seds) nesta terça-feira (16) e mostram que, de janeiro a junho deste ano, ocorreram 19 ataques a bancos, sendo oito arrombamentos, dois roubos e nove explosões. Em 2018, o número era 47.

Ainda sobre roubos em estabelecimentos, as cidades de João Pessoa e Campina Grande registraram uma queda nos números de crimes contra o patrimônio, de janeiro a junho deste ano. Na capital, foram 36% a menos de registros a roubos a pessoas, roubos a estabelecimentos comerciais, roubos a residência e roubos em transportes coletivos. Em Campinha Grande a redução foi de 26%.

De janeiro e junho deste ano, um total de mais de 9,4 mil prisões efetuadas na Paraíba pelas Polícias Civil e Militar. Dessas, 1.709 foram de pessoas apontadas como responsáveis pela autoria de crimes contra a vida (248), patrimoniais (592), contra instituições bancárias (26), roubos e furtos de veículos (182) e ainda com mandado de prisão em aberto (558).

Durante as operações realizadas em 2019, 1.954 armas de fogo foram apreendidas em cidades paraibanas. A média foi de 10,9 armas apreendidas por dia. No mesmo período de 2018, 1.270 armas foram apreendidas.

Em relação ao número de feminicídios, houve uma redução no primeiro semestre com relação ao ano passado. De janeiro a junho, foram contabilizadas 34 vítimas do sexo feminino, sendo 17 feminicídios. Em 2018, o total do semestre foi de 49, com 22 casos de feminicídio, representando quedas de 31% e 23%, respectivamente.

Leia mais no G1

    Compartilhe: