Mulher pula de ponte agarrada ao filho após passar por problemas financeiros



Uma mulher desesperada cometeu suicídio pulando de cima de uma ponte com seu filho de 10 anos nos braços. Conforme relatos, o garotinho implorou para ela não fazer isso, mas seus apelos não foram ouvidos.

As vítimas foram identificadas como Jessy Paola Moreno Cruz, de 32 anos, e seu filho May Ceballos, de 10 anos. Ambos pularam de cima da ponte apesar dos esforços da comunidade e do corpo de bombeiros que estavam no local na hora do incidente.

Segundo pessoas que estavam no setor, desde a manhã a mulher ameaçou cometer suicídio e tirar a vida de seu pequeno. Dadas essas alegações, a polícia, bombeiros, salva-vidas e assistência psicológica chegaram ao local para convencê-la a não fazê-lo.

Apesar dos pedidos e insistência dos presentes que rezaram para que ela não fizesse, a mulher pulou com seu filho de 10 anos de idade. Rafel Rico, comandante dos Bombeiros de Ibagué, em diálogo com a imprensa local disse que “todos que estavam no local imploraram para ela não pular, tentaram dissuadi-la, mas infelizmente ele tomou a decisão fatal“.

“Meu Deus, ela se jogou“, é ouvido no vídeo onde o fato foi gravado. Por outro lado, vemos uma jovem de blusa amarela que se agacha e começa a chorar, assim como os policiais que não contêm lágrimas quando veem o que acaba de acontecer.

Rafel Rico disse que o menino implorou para a mãe não pular mas seu pedido não foi atendido. De acordo com a polícia, a ponte tem cerca de 100 metros de altura. Segundo relatos, a mulher estava passando por problemas financeiros e recentemente tinha perdido a casa onde morava com o filho.

As autoridades estão no local fazendo o levantamento dos corpos. “Neste momento nosso pessoal está no fundo do precipício, avançando o trabalho de recuperar os corpos”, disse o chefe do bombeiros.

Leia mais no Polêmica PB

    Compartilhe: