Livânia teria entregue ex-colegas de governo e mais integrantes do Legislativo e Judiciário

Livânia teria entregue ex-colegas de governo e mais integrantes do Legislativo e Judiciário

São cada vez mais constantes os comentários de bastidores indicando detalhes da delação de Livânia Farias. É notório que a ex-secretária forneceu ao Gaeco (Ministério Público) muitas informações, sem as quais não teria sido liberada pela Justiça. Pelo que se comenta, Livânia teria entregue, não apenas ex-colegas de governo do Estado, mas também personagens no Judiciário e no Legislativo.

Ou seja, deputados, especialmente estaduais. O problema é que Livânia, muito disciplinada na organização de seus dados pessoais, mantinha, ainda segundo informes extraoficiais, uma planilha com informações detalhadas da circulação de recursos da propina oriunda do esquema criminoso infiltrado na Cruz Vermelha gaúcha, e que foi desbaratado pela Operação Calvário.

Partes de sua delação, inclusive, já teriam sido confirmadas por outros atores, entre servidores, empresários e agentes públicos, alguns deles que até se apresentaram voluntariamente. Com isso, vai se validando a sua delação, mas, ao mesmo tempo, acaba comprometendo vários outros personagens. A demora agora será o Gaeco fechar o trabalho de investigação e, certamente, teremos novas operações. Está na agulha.

Leia mais no blog de Helder Moura

    Compartilhe: