Diogo Mariz teria sido contratado por Daniel Gomes por recomendação de Arthur Cunha Lima

Diogo Mariz teria sido contratado por Daniel Gomes por recomendação de Arthur Cunha Lima

Dando continuidade a série Arquivos Secretos, o Portal Polêmica Paraíba traz para os seus leitores novas informações provenientes das conversas gravadas pelo operador da Cruz Vermelha, Daniel Gomes, durante a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho. Nas conversas mantidas com o ex-governador e nomes importantes do seu governo Daniel discutia valores de propinas e a relação do governo estadual com figuras ligadas a outros órgãos como o TCE-PB.

Nas conversas destacadas nesta semana o Portal Polêmica Paraíba destacou trechos de conversas entre Daniel Gomes e o ex-governador Ricardo Coutinho falando sobre os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba Arthur Cunha Lima, Nominando Diniz e Fernando Catão. Daniel ainda afirma que uma parceria firmada entre ele e o advogado Diogo Mariz teria sido feita por indicação do conselheiro Arthur Cunha Lima.

-Agora a princípio as coisas tão mais calmas e o Arthur [Cunha Lima] prometeu que aprova nossas contas agora mês que vem. Mas Arthur, a gente fez um contrato com ele.-, afirma Daniel apontando que Arthur seria o ponto de ligação entre ele e Diogo Mariz. Ricardo reagiu com surpresa aparentando não ter conhecimento total das articulações feitas por Daniel e Gilberto Carneiro.

-E ele garante que vai aprovar tudo. Não, esse valor é aprovando 100%, se por acaso tiver alguma imputação qualquer abate esse valor, é ad exitum. Mas ele pegou, fez um contrato com um advogado é Mariz, Diogo Mariz, bom advogado inclusive até a gente tá até gostando do trabalho dele de dia a dia, tá indo bem.-, fala Daniel sobre o serviço de Diogo com quem ele já havia acertado os valores da propina e um contrato estabelecendo os termos do acordo.

Na conversa Ricardo ainda critica o conselheiro Fernando Catão e afirma que irá ataca-lo e critica também o comportamento do conselheiro Nominando Diniz. Já em conversa mantida entre Daniel Gomes e Diogo Mariz foram acertadas as minúcias do contrato e o valor da propina que seria recebida por Diogo. 

Leia mais no PolêmicaPB

    Compartilhe: