CPI "Lava Toga" é arquivada no Senado Federal

CPI

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), determinou o arquivamento da CPI "Lava Toga", que investigaria o Poder Judiciário. Ele explicou que o arquivamento foi necessário porque o requerimento de instalação estava na pauta do dia, mas não havia as assinaturas necessárias para a abertura da comissão. Ao ser entregue, o requerimento tinha as 27 assinaturas necessárias, mas dois senadores retiraram o apoio.




— Já estava na pauta na sessão de hoje, como não tinha as assinaturas eu determinei o arquivamento, porque não poderia fazer diferente.




Segundo o presidente do Senado, retiraram as assinaturas os senadores Eduardo Gomes (SD-TO) e Tasso Jereissatti (PSDB-CE). A mesa diretora registra a retirada das assinaturas de Tasso e Kátia Abreu (PDT-TO).




O requerimento para averiguar a atuação dos tribunais superiores foi protocolado na última quinta-feira (8) pelo senador Alessandro Vieira (PPS-SE).



ClickPB

    Compartilhe: