Calvário: João decreta intervenção em hospitais, afasta servidores e Burity pede exoneração

Calvário: João decreta intervenção em hospitais, afasta servidores e Burity pede exoneração

O governador João Azevêdo (PSB) determinou nesta quarta-feira (9) a intervenção nos Hospitais Regional de Mamanguape e Metropolitano de Santa Rita. A decisão é resultado da quinta fase da operação Calvário, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A nova fase da operação mirou contratos relacionados à Saúde e à Educação. O diretor administrativo do Hospital Geral de Mamanguape, Eduardo Simões Coutinho, foi preso. Também preso, o secretário Executivo de Turismo, Ivan Burity, pediu exoneração do cargo.

Mas não apenas ele foi alvo da operação. Foram alvos de mandados de busca e apreensão o diretor executivo do Ipcep, Antônio Carlos de sousa Rangel, o diretor administrativo do Hospital Metropolitano, Henaldo Vieira da Silva; a diretora jurídica, Giovana Araújo Vieira, e o diretor financeiro, Mario Sérgio Santa Fé da Cruz. Eles são investigados cometimento do crime de falsificação de documento público, consubstanciado na adulteração de Termo de Referência que ensejou a contratação da empresa DIMPI Gestão em Saúde Ltda para prestar serviços de imagens no Hospital Metropolitano de Santa Rita.

Em relação a Eduardo Coutinho, ele teria recebido dinheiro de propina de fornecedores no Ipcep em nome de Daniel, a exemplo das vantagens indevidas entregues por José Aledson de Sousa Moura, proprietário de fato da Total LAB. Ao todo, foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão e dois de prisão.

Confira a nota do governador

NOTA

O Governo do Estado, diante do ocorrido nesta quarta-feira (9) e visando preservar as instituições e manter os serviços hospitalares com o devido atendimento à população, determinou a intervenção nos hospitais Metropolitano de Santa Rita e o Regional de Mamanguape, ao mesmo tempo que decidiu pelo afastamento imediato de todas as pessoas responsáveis pela administração da Organização Social citada nesta nova etapa da Operação Calvário.

Leia mais no Jornal da Paraíba 

    Compartilhe: