CABEDELO: candidatos apostam no discurso de ‘combate à corrupção’ e no ‘voto silencioso’ para vencer

CABEDELO: candidatos apostam no discurso de ‘combate à corrupção’ e no ‘voto silencioso’ para vencer

Faltando três dias para a eleição suplementar que vai definir o novo prefeito de Cabedelo, os candidatos que estão na disputa demonstram otimismo e confiança no resultado das urnas. Eles apostam no discurso de ‘combate à corrupção’ e no ‘voto silencioso’ para vencer o pleito. Nesta quinta-feira (14), o programa Arapuan Verdade repercutiu as expectativas dos candidatos.



A candidata Eneide Regis (PSD) fez um balanço positivo da campanha e agradeceu o apoio da militância. Ela afirmou que está confiante na vitória de sua candidatura no domingo, mas reconheceu que o resultado pode ser diferente.“Estou muito feliz e com expectativa para a vitória. É aquela história, seja o que Deus quiser, pois a vontade não é nossa, a vontade é de Deus. A nossa campanha tem crescido muito, muito, muito, em cada caminhada a gente conquista mais apoio. É uma militância maravilhosa, de muita garra”, disse.




O candidato José Eudes (PTB) afirmou que a expectativa para o pleito é positiva. Ele lembrou que a cidade sofreu por causa da corrupção, lembrou a Operação Xeque-Mate e pediu que a população compreenda que o momento político é de “mudança”.




“Cabedelo vive uma eleição atípica por causa de corrupção. As denúncias foram minhas, que culminou com a Xeque-mate. Estou confiante pois o momento do país é de mudança, e os grandes poderosos e os que têm máquinas eles caíram. A gente acredita que o povo de Cabedelo está guardando esse voto e isso vai fazer diferença”, defendeu.O candidato Marcos Patricio (PSOL) afirmou que está confiante na vitória eleitoral. Ele citou problemas enfrentados pela população e disse que somente políticos sem vínculos com grandes forças partidárias podem implementar essas ações.




“Estou confiante. É um momento de dar um basta em Cabedelo, para a gente ter os problemas na saúde enfrentados, problemas na educação, com escolas sucateadas. Só um político que não tenha vínculo político nenhum com grandes forças partidárias é que podem implementar essas ações”, explicou.




O candidato Vítor Hugo (PRB) disse que as expectativas são as melhores possíveis. Ele afirmou que a cidade saberá escolher o candidato naja preparado para os próximos dois anos.




“A menos de uma semana, convoco a população de Cabedelo para comparecer as urnas. A campanha longa, mas bonita, honesta. Eu tenho certeza que Cabedelo vai saber escolher a candidatura mais preparada para governar a cidade pelos próximos dois anos”, disse.

Fonte: Polêmica Paraíba

    Compartilhe: