Berg Lima vai até à Câmara de Bayeux entregar carta de renúncia



O prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima, foi até a Câmara de Vereadores do município, na tarde desta segunda-feira (13) para entregar uma carta renúncia ao cargo que foi eleito, mas presidente Inaldo José da Costa Andrade dos Santos, se negou a aceitar documento e informou que o horário de funcionamento da Casa Severaque Dionísio é até às 13h.



Conforme o vídeo, quando Berg Lima chegou, o Inaldo Andrade informou que só o secretário legislativo poderia receber a carta renúncia. As imagens ainda mostram que o prefeito afastado teria chegado ao local às 17h10. Segundo o presidente, há um decreto que determina o funcionamento da Casa, das 8h às 13h, no período de pandemia. 



Berg Lima ainda argumenta que já houve uma flexibilização em algumas atividades como a do comércio, mas o presidente afirma que não mudou o decreto ainda. "Amanhã o senhor vem e dá entrada", aconselhou o presidente da Câmara. 


Click PB

    Compartilhe: