Áudio:Secretários argumentam que tratavam de “conjecturas e análises genéricas”

Áudio:Secretários argumentam que tratavam de “conjecturas e análises genéricas”

Em nota conjunta, os secretários da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Adalberto Fulgêncio e Diego Tavares, explicaram que os áudios divulgados com exclusividade pelo Paraíba Já, que indicam a operacionalização de Caixa 2 na campanha eleitoral do ano passado, não revelavam nada além de “conjecturas e análises genéricas” sobre a campanha e que não havia nada de irregular.

NOTA
Os secretários municipais Adalberto Fulgêncio e Diego Tavares, Saúde e Desenvolvimento Social, respectivamente, a respeito de gravação de uma conversa entre ambos, divulgada por um portal de notícias da Capital, esclarecem o seguinte:

– o diálogo, segundo a própria notícia divulgada, teria ocorrido no início de março de 2018, soando estranho o fato de que somente agora, quase um ano depois, a gravação tenha sido divulgada;

– a conversa, na verdade, se trata apenas de conjecturas e análises genéricas sobre como ocorreria à futura campanha, além de preocupações a cautelas a serem observadas, não contendo nada que indique ação irregular.

João Pessoa (PB), 11 de fevereiro de 2019.

Leia mais no Paraíba Já 

    Compartilhe: