Até traição será investigada pelo Calvário

Até traição será investigada pelo Calvário

A bombástica delação de Ivan Burity no âmbito da Operação Calvário deve apressar o retorno do ex-governador Ricardo Coutinho ao xilindró, onde passou 36 horas presos na Penitenciária Média de Mangabeira, junto com outros comparsas acusados de corrupção.

Ivan contou tudo o que sabe, desde trazer dinheiro em avião fretado para a campanha eleitoral, também pessoal de envolvidos com o esquema, até traição quando o ex-presidiário Ricardo soube que Laura Farias, ex-Sudema, conversava com o empresário Roberto Santiago.

Santiago não queria a construção do Shopping Pátio de Intermares e conversava com Laura para não conceder o documento ambiental. De acordo com a delação de Ivan, Laura Farias acabou saindo da Sudema e foi parar na Docas, por ordem do todo poderoso Ricardo Coutinho.

Mas, enfim, a divulgação do vídeo da deleção de Ivan trouxe apenas 10% do que ele contou, e sabe, do esquema criminoso instalado na Paraíba a partir do governo do PSB, começando em 2011 e sendo encerrado em 2018.

Leia mais no Página 1

    Compartilhe: