Valdemiro já escapou de tubarões e coleciona inimigos e processos

Valdemiro já escapou de tubarões e coleciona inimigos e processos

O pastor Valdemiro Santiago, esfaqueado no último domingo dentro do templo da Igreja Mundial do Poder de Deus, em São Paulo, já passou por outros apuros na vida. Foi preso por porte ilegal de armas em 2003, disse ter nadado por mais de 8 horas após o naufrágio de um barco em que estava na África e chamou o apresentador Ratinho, do SBT, para briga, na TV.


Ele também foi envolvido no “escândalo” em que cartas enviadas ao fiéis pediam para que eles se passassem por “enfermos curados, ex-dependentes químicos e aleijados”. O objetivo era convencer que mais pessoas contribuíssem financeiramente para a aquisição de um canal de TV. Nas suas entrevistas, costuma dizer que acumulou muitos inimigos.

Veja

    Compartilhe: