Reitor da UEPB cita impossibilidade de pagamento de dívida na PBPrev

Reitor da UEPB cita impossibilidade de pagamento de dívida na PBPrev

O reitor da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Rangel Júnior, afirmou que a instituição não cometeu nenhum ato irregular de caso pensado e citou que a autonomia da universidade “é de fachada”, durante entrevista nesta quarta-feira, 11.



Ele afirmou que a UEPB está inadimplente por falta de recursos financeiros que não foram repassados pelo governo do Estado, destacando que o Executivo resgatou R$ 27 milhões da universidade e travou o orçamento da instituição sem aviso prévio.Rangel ainda disse que a UEPB está inadimplente com o INSS e a PBPrev por conta da falta de repasse do governo do Estado.



– Nós não temos condição de pagar um recurso, uma dívida, para a qual a UEPB não tem a disponibilidade do recurso do governo do Estado. O governo do Estado passou a mão em R$27 milhões da universidade. O governo do Estado cancelou em 2017, sem aviso prévio, o orçamento sem nenhuma justificativa – disse.



As informações foram concedidas à Rádio Arapuan FM.

    Compartilhe: