Ivonete Ludgério diz que movimento contrário a sua reeleição não terá êxito

Ivonete Ludgério diz que movimento contrário a sua reeleição não terá êxito

Uma polêmica se instalou na Câmara Municipal de Campina Grande  (CMCG) após informações de que alguns vereadores estariam tentando anular a reeleição da vereadora e presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Ivonete Ludgério (PSD), para o segundo biênio.




A parlamentar reagiu e declarou que o movimento não terá êxito. “Acredito que esse movimento não tem fundamento, nem base legal e nem número. Mantenho um bom relacionamento com todos eles, agora eu não posso impedir que algum pense diferente de mim. Democraticamente, a gente aceita o que a maioria quer, mas eu acredito que a grande maioria, cerca de 70% da Câmara, deseja que o que foi decidido continue", salientou.




Alexandre do Sindicato refutou o boato de que estaria conspirando contra a presidente. "A vereadora tem feito justiça com todos os colegas e tem sido correta em atender todos os parlamentares da casa", ponderou. Ele ainda disse que a líder tem que ter 'proteção divina' para conseguir trabalhar na casa. "Tem que pedir a Deus todos os dias proteção para quem senta naquela cadeira", explicou. 




A polêmica ganhou força, após uma postagem nas redes sociais feita pelo marido e deputado estadual reeleito Manoel Ludgério (PSD), em que pedia proteção divina para a parlamentar em sua missão na CMCG. "Peço a Deus todos os dias que te proteja Ivonete, pois não é fácil tirar os ratos sem queimar a casa", publicou.



Em resposta a postagem, a vereadora desabafou: ‘Sou uma gata, mato ratos”.


Click PB

    Compartilhe: