Deputado diz que PMDB não pode depender de alianças com PSDB e PSB

Deputado diz que PMDB não pode depender de alianças com PSDB e PSB

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) defendeu  durante evento na sede estadual do PMDB que os deputados Manoel Júnior (PMDB) e Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) evitem estar dependentes de alianças políticas com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).


“O PMDB deve ter um projeto independente, como sempre tivemos na Paraíba. Eu serei sempre peemedebista, somos o maior partido da Paraíba, o maior partido do Brasil e não podemos ficar a reboque de nenhuma liderança política de outra agremiação. Vejo nas candidaturas Manoel Júnior e de Veneziano todas as condições de vencer a eleição”, afirmou.


Ele garantiu, no entanto, que não fará nenhuma censura aos companheiros que venham a firmar uma coligação com o PSB ou com o PSDB.


“Eu não votei em Ricardo Coutinho, nem em Cássio Cunha Lima. Apoio não se rejeita, mas não podemos agir em função deles”, declarou.


Ainda conforme Raniery Paulino, a candidatura própria sempre fortalece o partido.



“Eu defendo a tese da candidatura própria, porque a foi a candidatura própria do PMDB ao Governo do Estado com Vitalzinho quem salvou a nossa bancada na Assembleia. Sem ela, talvez só tivéssemos elegido dois estaduais. A candidatura própria também nos ajudou a garantir três deputados federais: Manoel Junior, Veneziano e Hugo Mota”, declarou.


Ele evitou comentar a ausência dos companheiros de bancada na Assembleia, Gervásio Maia e Trócolli Júnior.


“Isso é uma assunto que não me compete falar, o mais adequado é interpelar os próprios deputados pelas razões da ausência”, finalizou.
,
Blog do Gordinho

    Compartilhe: