Cerest já havia encontrado irregularidades na Vitamilho antes de acidente

Cerest já havia encontrado irregularidades na Vitamilho antes de acidente

Ainda de acordo com o técnico alguns vídeos foram analisados para avaliar o acidente em um dos silos da fábrica e foi notado que um dos outros dois silos que permanecem no local já sofreu danos. “Já solicitamos a empresa que após as atividades de limpeza seja feito um laudo para comprovar que esse silo está adequado para ser utilizado porque quando houve a queda ocorreu um pequeno amasso em um dos outros dois silos”, completou Arthur.

O prazo para a liberação dos trabalhos da fábrica, segundo informou o técnico depende da própria empresa. Quanto mais rápido eles apresentarem as evidências de segurança pedida pelo Cerest e pelo Ministério Público do Trabalho mais rápido será feita a liberação.

Leia mais no blog de Márcio Rangel

    Compartilhe: