Candidatos a presidente miram o Sudeste e ‘esquecem’ a Paraíba

Candidatos a presidente miram o Sudeste e ‘esquecem’ a Paraíba

Quando o presidenciável João Goulart Filho (PPL) desembarcar em João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (14), ele será apenas o terceiro candidato à Presidência a buscar votos na Paraíba, neste ano. Antes dele, estiveram no Estado apenas Fernando Haddad (PT), como candidato a vice, e Ciro Gomes (PDT). Antes deles, vários dos 13 candidatos com nomes postos para a disputa passaram por terras paraibanas, mas como pré-candidatos, ainda não referendados em convenção. O “esquecimento” da Paraíba e do Nordeste tem a ver com as características muito especiais da atual campanha eleitoral.

Os candidatos têm convivido com o pleito atual com campanhas mais franciscanas, com menos recursos. Além disso, o tempo de campanha foi cortado pela metade em relação ao que ocorria em 2014. São apenas 45 dias para apresentar as propostas. Por conta disso, todos têm priorizado a campanha no Sudeste, notadamente São Paulo. A região mais rica do Brasil tem 42% do eleitorado e é a cabeça de rede das principais emissoras de rádio e TV. Fora isso, é considerada vital pelos candidatos com disposição para ser eleito. Só São Paulo tem 22% do eleitorado brasileiro.

Agora, uma conta não tem  entrado na planilha dos candidatos. O Nordeste é a segunda região mais populosa do Brasil. São 39 milhões de eleitores de um universo de 147 milhões. Os gráficos que mostram as andanças apresentam apenas viagens pontuais à região. Ou seja, quem não buscar votos por aqui também terá dificuldades eleitorais.

Leia mais no Jornal da Paraíba

    Compartilhe: